Inteligência Artificial: o que é e quais as suas contribuições para o mundo?

//Inteligência Artificial: o que é e quais as suas contribuições para o mundo?
  • Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial cresceu de maneira exponencial na última década, e está sempre em contato com as nossas vidas, mesmo que talvez você possa não ter percebido ainda. Por exemplo, toda vez que você pesquisa algo na internet, uma série de ferramentas de Inteligência Artificial age para te mostrar os melhores resultados. Toda vez que você faz uma pergunta para um assistente de voz, recursos como processamento de linguagem natural e reconhecimento de fala estão sendo usados.

A IA será um dos principais avanços científicos da humanidade no século XXI. Ela nos dará o poder de analisar o universo e a nossa humanidade através de uma nova perspectiva. E sua espinha dorsal é o machine-learning. Esse termo é bastante explicativo. O objetivo é fazer com que as máquinas aprendam baseados em seus conhecimentos e tomem as decisões. O machine-learning pode ser entendido em dois componentes principais. Um é usar algoritmos para encontrar significados em dados aleatórios e desorganizados, enquanto o outro é usar algoritmos de aprendizado para encontrar relações entre o conhecimento e melhorar o processo de aprendizado. Portanto, seu objetivo principal é bem simples: melhorar a performance das máquinas em determinadas tarefas.

Qual é a definição de Inteligência Artificial?

Qual é a definição de Inteligência Artificial?

Por definição, a IA é uma área da Ciência/Engenharia da Computação responsável por simular a inteligência e o comportamento humano através das máquinas. Ou seja, seu objetivo é desenvolver sistemas para realizar tarefas que, no momento, são mais bem realizadas por seres humanos que por máquinas, ou que não possuem solução através da computação convencional. Um bom exemplo é o ato de dirigir um carro. Atualmente, em larga escala, essa atividade é feita por humanos. Porém, com o desenvolvimento dos carros autônomos, pode se tornar uma tarefa majoritariamente das máquinas no futuro.

Para gerar as melhores soluções, a Inteligência Artificial trabalha com o uso de algoritmos. Mas o que são algoritmos? Bom, eles nada mais são do que uma sequência de ações que resolvem um certo problema. Uma receita de bolo, por exemplo, é, de certa forma, um algoritmo. Isso porque se os passos definidos forem executados na ordem correta – no caso do bolo, adicionando farinha, ovos, leite, etc – no final haverá uma solução. Assim, um algoritmo pode resolver problemas de tipos bastante diferentes, como cálculo estrutural, processamento de dados, planejamento e muito mais.

No entanto, existem algumas diferenças entre os problemas. Alguns deles tem uma única solução exata, enquanto outros não. Portanto, como garantir qual é a melhor solução? Uma possível abordagem seria tentar gerar todas as possíveis alternativas até que se chegue na melhor delas. No campo teórico, é possível. Porém, na prática, é quase sempre inviável, pois a quantidade de possíveis soluções é muito grande, e mesmo com um computador muito potente, levaria muito tempo para obtê-las. Assim, tais problemas seriam, no geral, mais bem solucionados por seres humanos e também não possuem resolução através da computação convencional.

Mas, como nós, humanos, solucionaríamos esses problemas? Possivelmente, geraríamos soluções candidatas (mas quase nunca todas elas), escolheríamos a melhor delas (de acordo com certos critérios) e, depois, analisaríamos o efeito das escolhas feitas (e as poderíamos alterá-las para o futuro). Ou seja, no final, aprendemos! Dessa forma, a Inteligência Artificial, se caracteriza por ser uma coleção de modelos, técnicas e tecnologias (como busca, raciocínio e representação de conhecimento, mecanismos de decisão, percepção, planejamento, processamento de linguagem natural, tratamento de incertezas, machine-learning, etc) que, sozinhas ou em conjunto, resolvem problemas dessa natureza.

Qual as contribuições para o mundo?

Quais as contribuições da Inteligência Artificial para o mundo?

O impacto da inteligência artificial na sociedade tem sido amplamente positivo, trazendo contribuições que tornaram a nossa vida mais fácil, desde a capacidade de armazenar e analisar dados em vários setores de forma eficaz, até melhorar nossas rotinas com assistentes virtuais, por exemplo.

Durante o período pandêmico em que vivemos, a IA pode contribuir muito no combate ao vírus. Por exemplo, ao usar algoritmos de machine-learning, tem sido possível prever a velocidade de disseminação da doença e acompanhar seu desenvolvimento ao redor do mundo, gerando insights valiosos para, então, chegar até as melhores soluções. Além disso, a Inteligência Artificial também foi capaz de aliviar parte da carga de trabalho dos profissionais de saúde, cuidando da coleta e arquivamento de dados e também da triagem sem contato de casos positivos, o que ajuda a tornar os diagnósticos mais simples e precisos.

Outro fator muito importante com relação a Inteligência Artificial é o de que ela diminui as consequências do erro humano. Nós, humanos, cometemos erros em diversas situações, desde tentar prever o tempo e sair sem guarda-chuva, até interpretar erroneamente os resultados de um estudo. Portanto, permitir que a IA e a automação assumam as tarefas e a análise de dados pode reduzir ou até eliminar o erro humano. Além disso, também é bom ressaltar que a IA é imune a fatores que afetam o desempenho em humanos, como estresse e fadiga. Ou seja, ela pode elevar a produtividade e tornar o trabalho mais eficiente e seguro, já que nos ajuda tomar decisões melhores em situações de alto estresse.

Na indústria automotiva, por exemplo, a Inteligência Artificial já está causando um grande impacto. Ao permitir que seja possível acessar os controles por meio de comandos de voz, os motoristas ficam menos distraídos e têm menos probabilidade de sofrer um acidente. Enquanto isso, os veículos autônomos usam algoritmos de machine-learning para detectar sonolência, utilização não autorizada, forte aceleração/frenagem, uso de telefone celular ou colisões, alertando imediatamente os motoristas e os ajudando a corrigir o comportamento com sistemas sonoros e alertas visuais.

Gostou desse conteúdo? Então experimente conhecer o blog da Tecnun!
Toda semana tem sempre um conteúdo esperando por você. Descubra as principais tendências do mundo da tecnologia, leia entrevistas com profissionais de muito gabarito na área e receba dicas bem valiosas para o dia a dia de seu trabalho!

Conheça as nossas redes sociais!

Visite e nos siga no Instagram
Conheça e curta nossa página no Facebook
Se conecte e nos siga no LinkedIn

Referências:

Inteligência Artificial e sociedade: avanços e riscos – Jaime Simão Sichman
Defined Crowd

 

2021-07-14T11:39:08-03:00Tags: |